Engenheiros cubatenses debatem inovação em encontro local

Encontro com profissionais do sistema CREA em Cubatão. Foto: Léo Pinheiro

O atual presidente licenciado do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo (CREA-SP), Vinicius Marchese, esteve em Cubatão no último dia 17 de outubro, divulgando que as eleições no órgão representativo da categoria dos engenheiros acontecerá no dia 15 de dezembro. Durante o pleito, serão escolhidos os presidentes do CREA-SP, CONFEA, Mútua-SP e Diretor Administrativo da entidade.

Marchese, acompanhado do candidato a diretor geral da MÚTUA-SP, Benito Saes, reuniu-se na cidade para falar, principalmente, da valorização das entidades e mostrar realizações. Debateram também a valorização do profissional e propostas para os próximos três anos de gestão. “Juntos, faremos do CREA-SP uma entidade cada vez mais relevante para os nossos profissionais e para a sociedade. Conto com o apoio de vocês para darmos continuidade às atividades iniciadas em nossa gestão 2016!”, afirmou o dirigente aos colegas cubatenses.

Determinado em resolver problemas e obter resultados em conjunto com a equipe, Marchese iniciou um trabalho de reposicionamento do órgão durante os 11 meses em que esteve à frente do CREA-SP. “Saímos da 27ª posição como o CREA que menos fiscalizava em todo o País para o 1ª lugar em fiscalização. Isso é fundamental para detectar potenciais situações de risco que possam impactar a vida das pessoas. Imagine um prédio ser construído sem um engenheiro responsável devidamente registrado no CREA. Isso melhora ainda a sustentabilidade financeira da instituição, permitindo mais investimentos em áreas chave como a modernização dos sistemas de informação”, ressalta.

Dentre as propostas inovadores de Vinicius Marchese estão a implantação de uma área de compliance para prevenir, detectar e corrigir irregularidades em processos licitatórios e na administração de contratos públicos; a criação de uma Câmara de Arbitragem para resolução mais rápida e eficaz de conflitos; e a criação de uma cooperativa financeira focada na cooperação e ajuda mútua para concessão de créditos em condições vantajosas aos associados.

CREA-SP é a sigla que identifica o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Estado de São Paulo – o maior Conselho de Fiscalização de Exercício Profissional da América Latina. O CREA-SP é responsável pela fiscalização de atividades profissionais nas áreas da Engenharia, Agronomia, Geologia, Geografia e Meteorologia, além das atividades dos Tecnólogos e das várias modalidades de Técnicos Industriais de nível médio. A entidade contempla 170 associações regionais e locais; 400 mil profissionais registrados; 900 funcionários e 150 fiscais, e arrecada R$ 300 milhões/ano.