Teatro e oficinas do Arte e Conceito em Cubatão

A peça “Toda Criança” é dividida em cinco pequenas histórias.

O Projeto Arte & Conceito está acontecendo em Cubatão, no Parque Novo Anilinas (Avenida Nove de Abril, s/n° – Centro), desde a última segunda-feira (2), levando arte e cultura por meio de interação real entre as pessoas e a troca de conhecimento. O evento é uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura – Rouanet, com produção do Grupo Incentivar e patrocínio da Petrocoque.

Por meio de apresentações teatrais e oficinas gratuitas, o público debate temas atuais desenvolvendo a conscientização coletiva dos jovens, fomentando a arte e a cultura brasileira. “As ações do projeto abordarão temas como direitos humanos, preconceito, discriminação, orientação sexual, inclusão e diversidade”, explica o Supervisor de Marketing do Grupo Incentivar, Welson Ribeiro.

“A Petrocoque, preocupada em Promover um Futuro melhor para as Próximas Gerações, signatária do Pacto Global da ONU, apoia projetos que fomentem o desenvolvimento social. Estamos ansiosos para ver esse trabalho realizado e o envolvimento das crianças e jovens de Cubatão”, disse o gerente corporativo, Milton Longarai.

As apresentações acontecem dentro de um domo inflável fazendo com que os expectadores se sintam em um teatro, possibilitando o acesso à cultura como forma de inclusão e integração social. Três peças teatrais serão apresentadas em seis dias na cidade: Os Outros, As Aventuras do Sapo Crôco e Toda Criança. As oficinas acontecem após a apresentação de cada peça e falam sobre dicas de técnicas de como se portar em uma entrevista de emprego, materiais recicláveis e oficina de palhaço.

Quinta-feira (5) e sexta-feira (6), às 9h, 13h e 15, e sábado (7), às 15h30, será apresentada a peça “Toda Criança”. Dividida em cinco pequenas histórias, a peça se passa na casa de uma tradicional família brasileira com dois filhos: Aninha e Pedrinho, onde surge a oportunidade de explicar sobre nacionalidade, registro do nome, direito à vacinação garantindo a saúde, lazer e qualidade de vida, acessibilidade e igualdade, abordando os dez princípios dos direitos universais da criança.

Após a apresentação acontece uma oficina de palhaços. Por meio de jogos, brincadeiras e criação de cenas e números cômicos, os participantes entrarão em contato com a linguagem e o espírito do clown ampliando a expressão corporal e senso de equilíbrio.