Cubatão pode ficar sem Cine Roxy

A Prefeitura cedeu as instalações no Parque Anilinas para o Grupo Roxy de Cinemas e recebe 11,5% da bilheteria para os cofres municipais. Foto: Aderbau Gama

Por causa de confusões administrativas do governo Ademário Oliveira (PSDB), contrato para manutenção do cine Roxy no Parque Anilinas não foi prorrogado em julho passado e cinema pode fechar. E se isso for confirmado será uma perda imensa para a cidade, que tem raras opções de lazer e cultura nos últimos anos. A reportagem procurou a Prefeitura para ter um posicionamento oficial, mas até o fechamento desta edição do jornal “Povo de Cubatão”, não houve qualquer manifestação.

O Cine Roxy é tradicional da região da Baixada Santista e tem salas de cinema no bairro do Gonzaga em Santos, na Avenida Ana Costa e no Shopping Pátio Iporanga, além do Shopping Brisamar de São Vicente. Quando a Prefeitura de Cubatão reformou completamente o Parque Anilinas, a contratação do cinema para funcionar no prédio do Centro Multimídia, em 2012, garantiu ao espaço uma movimentação diferenciada e uma atenção maior à segurança dos munícipes que frequentam o local.

Cubatão não tem muita sorte com os equipamentos culturais. O Bloco Cultural, que fica localizado entre os prédios da Prefeitura e da Câmara de Vereadores, no Paço Municipal Piaçaguera, no Centro, está com problemas estruturais no telhado e sistema de ar condicionado, deteriorando o espaço a olhos vistos, sem que o poder público atue para a sua reforma completa e requalificação. Hoje as bandas Sinfônica e Marcial estão acolhidas no Bloco e os seus instrumentos correm risco por conta das goteiras nos períodos de chuvas na cidade.

O teatro municipal, que ficou 30 anos esperando para ser concluído, na Avenida Henry Borden, esquina com a Avenida Nove de Abril, funcionou algumas vezes, nos governos de Nei Serra, Clermont Castor e desde o início de Marcia Rosa foi paralisado e abandonado. O prefeito Ademário Oliveira (PSDB) conseguiu aprovar na Câmara Municipal a transferência do prédio para a área da Saúde e segundo a Fundação São Francisco Xavier – FSFX até o final deste ano novos serviços de medicina estarão disponíveis para a população em sua estrutura.

Cinema – Resta para a Cultura da cidade o Cine Roxy 3, inaugurado em 2012 com duas salas de cinema e capacidade de 200 lugares cada uma, dentro dos melhores padrões com revestimento térmico, acústico e todos os equipamentos da moderna tecnologia para o setor. São salas que obedecem o mesmo projeto das que o grupo possui em Santos e na região, com poltronas no estilo estádio e som estéreo.

O último cinema em Cubatão, antes do Roxy 3, Cine Millennium durou até o ano 2000. Os moradores do município, quando queriam ir ao cinema precisavam ir a Santos ou a Praia Grande, mas com o contrato feito com a empresa do Roxy, nos últimos 5 anos, a Prefeitura ainda conseguiu para os seus cofres, cerca de R$ 700 mil, sendo 10% para a conta geral e 1,5% para o Fundo de Cultura, que inexistente e desregulamentado, não registra nenhum aporte.

Contrato – A reportagem do jornal “Povo de Cubatão” teve acesso a informações de que o contrato da Prefeitura com a empresa Roxy deveria ter sido renovado até o final do mês de julho de 2017, mas não foi por duas divergências internas e administrativas do governo Ademário: a primeira em decorrência de quem seria o responsável para resolver essa pendência – Secretaria de Turismo (que é responsável pelo Parque Anilinas) ou Secretaria de Cultura? A segunda, por conta de pareceres judiciais da Procuradoria Municipal, que se posicionou contrariamente à prorrogação do contrato, mesmo em “caráter excepcional” por conta dos prejuízos ao lazer e à cultura cubatenses, defendendo a realização de uma nova licitação pública.

Diante do impasse, o Roxy 3 permaneceu na cidade, sem contrato e de maneira irregular. Com isso, os percentuais arrecadados com os ingressos e parte também da bombonière não podem ser repassados a Prefeitura, aguardando a licitação que o governo atual não divulgou até agora. Se essa situação continuar sem alteração, nos próximos dias Cubatão será obrigada a assistir fechadas as portas das suas duas salas de cinema.

Teatro e oficinas do Arte e Conceito em Cubatão

A peça “Toda Criança” é dividida em cinco pequenas histórias.

O Projeto Arte & Conceito está acontecendo em Cubatão, no Parque Novo Anilinas (Avenida Nove de Abril, s/n° – Centro), desde a última segunda-feira (2), levando arte e cultura por meio de interação real entre as pessoas e a troca de conhecimento. O evento é uma realização do Ministério da Cultura por meio da Lei Federal de Incentivo à Cultura – Rouanet, com produção do Grupo Incentivar e patrocínio da Petrocoque.

Por meio de apresentações teatrais e oficinas gratuitas, o público debate temas atuais desenvolvendo a conscientização coletiva dos jovens, fomentando a arte e a cultura brasileira. “As ações do projeto abordarão temas como direitos humanos, preconceito, discriminação, orientação sexual, inclusão e diversidade”, explica o Supervisor de Marketing do Grupo Incentivar, Welson Ribeiro.

“A Petrocoque, preocupada em Promover um Futuro melhor para as Próximas Gerações, signatária do Pacto Global da ONU, apoia projetos que fomentem o desenvolvimento social. Estamos ansiosos para ver esse trabalho realizado e o envolvimento das crianças e jovens de Cubatão”, disse o gerente corporativo, Milton Longarai.

As apresentações acontecem dentro de um domo inflável fazendo com que os expectadores se sintam em um teatro, possibilitando o acesso à cultura como forma de inclusão e integração social. Três peças teatrais serão apresentadas em seis dias na cidade: Os Outros, As Aventuras do Sapo Crôco e Toda Criança. As oficinas acontecem após a apresentação de cada peça e falam sobre dicas de técnicas de como se portar em uma entrevista de emprego, materiais recicláveis e oficina de palhaço.

Quinta-feira (5) e sexta-feira (6), às 9h, 13h e 15, e sábado (7), às 15h30, será apresentada a peça “Toda Criança”. Dividida em cinco pequenas histórias, a peça se passa na casa de uma tradicional família brasileira com dois filhos: Aninha e Pedrinho, onde surge a oportunidade de explicar sobre nacionalidade, registro do nome, direito à vacinação garantindo a saúde, lazer e qualidade de vida, acessibilidade e igualdade, abordando os dez princípios dos direitos universais da criança.

Após a apresentação acontece uma oficina de palhaços. Por meio de jogos, brincadeiras e criação de cenas e números cômicos, os participantes entrarão em contato com a linguagem e o espírito do clown ampliando a expressão corporal e senso de equilíbrio.

“Janelas Solitárias” e Mostra Estudantil agitam Teatro do Kaos

Elenco de "Janelas Solitárias", fotografado por Sander Newton.

Elenco de “Janelas Solitárias”, fotografado por Sander Newton.

Durante todo o ano de 2016, 230 alunos participaram do Projeto Ação Cênica, promovido pela Companhia Teatro do Kaos com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura de Cubatão. Os resultados desse trabalho serão mostrados a partir de agora. A turma da Qualificação Profissional (com Certificação Profissional do Sated/SP, inclusive DRT) irá apresentar a peça “Janelas solitárias, texto de João Fábio Cabral e direção de Níveo Diegues. Ao todo são 9 peças que serão apresentadas gratuitamente (dias 11,12,13, 18,19,20, 25, 26 e 27 de novembro, sempre às 20h). A peça também irá circular em 2017 por outras 4 cidades (Santos, Guarujá, Praia Grande e Mongaguá). Antes de subir ao palco, eles “ralaram muito”, afirma Lourimar Vieira, idealizador e gestor do projeto. Eles tiveram aulas de: História do Teatro (Orleyd Faia); Interpretação (Marcos Felipe e Níveo Diegues); Expressão Corporal (Fabiano di Melo); Expressão Vocal (Douglas Lima); Jogos Teatrais (Sander Newton); Maquiagem (Levi Tavares) e Produção (Lourimar Vieira).

No elenco de “Janelas Solitárias” figuram: Aline Pinheiro, Beatriz Maria, Bianca Souza, Caio Werneck, Carolina Martins, Cristiane Ramos, Fabio Faustino, JP de Castro, João Vítor, Júlia Alves, Layla Lauane, Luciana Adrielle,   Luiz Guilherme, Maíra Alves, Nicca Oliveira, Rafael Almeida, Rayane Santana, Udson Santos, Vanessa Ramos e William Gois.

Mostra Estudantil – O projeto também contou com Oficina de Teatro, voltada para crianças e adolescentes. E durante todo o ano tiveram aulas com: Sander Newton, Fabiano di Melo, Allana Santos, Diego Saraiva, Ricardo Oliveira. E como resultado, cada uma das 8 turmas irá encenar uma peças, que compõem a 4ª Mostra de Teatro Estudantil do Teatro do Kaos, conforme programação abaixo:

A Mostra começa no feriado da próxima terça-feira (15 de novembro) com a peça “FÁBRICA DE ADULTOS”; E prossegue dias 16, com a peça “KAOS_HOLOCAUSTO”; 17, “ELAS SENSACIONAIS”; 21, “O ELEFANTE BRANCO”; 22, “O ÚLTIMO CONTO”; 23, “NOTICIAS DE LUTO”; 24, “DOADORES DE MEMORIAS”; e 28 de novembro, “A PÍLULA FALANTE”.

Cada peça da Mostra Estudantil realizará 3 apresentações. As sessões acontecem às 15h, 17h e 19:30h.

O projeto foi realizado com o apoio da Secretaria Municipal de Cultura da Prefeitura Municipal de Cubatão. O Teatro do Kaos fica na Praça Coronel Joaquim Montenegro, 34 no Largo do Sapo em Cubatão.