Twitter em horário de trabalho gera polêmica

Seduc de Cubatão faz política durante o expediente.

Uma série de mensagens publicadas na tarde da última quinta-feira, dia 15, por meio do microblog Twitter, gerou polêmica quanto ao horário de trabalho de funcionários da Prefeitura de Cubatão.

O episódio teve início por volta das 15h15, quando o jornalista Raul Christiano, militante do PSDB, postou informação referente a uma possível alteração dos planos do PT quanto à sucessão municipal em São Paulo. Em seguida, foi severamente desmentido pelo secretário cubatense de Educação, Fábio Oliveira Inácio, e por um suposto funcionário da pasta, identificado como Wandro Clementino, que utilizou os termos mais ofensivos da discussão.

Então, Christiano questionou se ambos não estariam em horário de trabalho enquanto atuavam numa defesa partidária pela internet, o que gerou ainda mais polêmica. Inácio alegou estar no trânsito, rumando a um evento de autoridades políticas. Já o anunciado como Clementino, em meio a ataques pessoais e políticos, alegou ainda estar em horário de almoço e que voltaria ao trabalho apenas às 16 horas.

No começo da noite de ontem, Fábio Inácio se dirigiu a Raul, escrevendo que “horário de trabalho dos secretários, todos os dias 24 horas, inclusive sábado, domingo e feriados”. Mais cedo Raul Christiano havia perguntado na mesma rede social, à prefeita Márcia Rosa, se o povo pagava para os seus assessores tuitarem sobre política partidária do PT durante o expediente.

A prefeita não respondeu e a assessoria de imprensa da prefeitura não quis se manifestar sobre o ocorrido.


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *