Boca do Povo

Retrospectiva

O presidente da Câmara Municipal, Rodrigo Alemão (PSDB) – na ilustração, destaca em seu balanço das atividades do legislativo em 2017, que a nova realidade orçamentária da cidade de Cubatão foi decisiva para um novo modelo de atuação dele e de seus outros 14 colegas vereadores.

Vereador Rodrigo Alemão é filiado ao PSDB.

Cintos

O município foi afetado diretamente, pela crise e pela herança deixada pelos governos anteriores de Marcia Rosa (PT), o que exigiu uma série de adequações orçamentárias. “Tivemos que equilibrar as contas e fazer os ajustes financeiros necessários”, pondera Alemão.

Apertados

Ao longo de 2017, a Câmara colocou em prática algumas medidas de contenção de despesas. E o Legislativo, atento aos princípios da administração pública, fez uma gestão eficiente, que primou pela economicidade de recursos. Dessa economia, R$ 5.674.329,52 foram devolvidos aos cofres da Prefeitura, para utilização no pagamento do 13.º salário dos servidores públicos e parte da rescisão dos funcionários da Companhia Cubatense de Urbanização e Saneamento (Cursan).

Facebook

“A partir da atual legislatura, a última sessão de cada mês começou a ser realizada às 18 horas, com o objetivo de aumentar a participação dos munícipes que trabalham em horário comercial. Além disso, melhorou o site e criou a página da Câmara no Facebook, que além de divulgar o trabalho desenvolvido pelos parlamentares, chama a atenção para assuntos relacionados à promoção da cidadania”, enumerou Rodrigo Alemão.

Bicadas

Não passou despercebido dos servidores do Paço Municipal Piaçaguera, o bate-boca entre o vereador Toninho Vieira (PSDB) e o secretário de Segurança (e superintendente da CMT), Jefferson Cansou, no estacionamento de carros oficiais e particulares dos secretários. Pior é que a discussão descambou para as vias de fato e quase sobraram hematomas nas partes envolvidas.

SOS Pedro Sá

Como se não bastasse responder pela vice-prefeitura e por três secretarias municipais (Planejamento, Educação e Cultura), Pedro de Sá (PTB) foi chamado para apaziguar os ânimos.

Vieira

Sabe-se que o vereador Toninho Vieira está desenhando um caminho de saída do PSDB, votando contra projetos do prefeito Ademário Oliveira, tucano como ele, mas precisa ter uma justificativa forte para sair e não perder o mandato de vereador, se mudar de partido.

Efeito Moura

Vieira tem dito a interlocutores que busca o acolhimento de outras legendas partidárias, mas há sempre uma voz da consciência lembrando o episódio envolvendo o ex-vereador Wagner Moura, que saiu do PT para se filiar ao PMDB, e ficou sem mandato.

De olho

Semana passada, o presidente do Diretório Municipal do PSDB de Cubatão, Paulo Libório, publicou mensagem na seção de cartas deste jornal recheada de alertas sobre o comportamento de pessoas que não praticam ações de unidade e preferem vôos solos. Para um bom entendedor, meia palavra basta…

De olho 2

Em parceria com a CMT e Ecovias, a secretaria municipal de Segurança Pública instalou novo equipamento de longo alcance e giro de 360 graus na entrada da Vila Natal. São câmeras de última geração, para aumentar a segurança do local, “garantindo o direito de ir e vir do munícipe”, divulga o secretário Jefferson Cansou.

Ônibus escolar

A Secretaria Municipal de Educação – Seduc informa os prazos de inscrição e recadastramento no transporte escolar para 2018. Os expedientes serão a partir da próxima terça-feira (2) até o dia 19 de janeiro, das 9 às 16 horas, na UME Princesa Isabel (Praça Getúlio Vargas, 50, Centro).

Documentação

Para o recadastramento, devem ser apresentados os seguintes documentos: duas fotos 3×4, cópia da certidão de nascimento ou RG do aluno, cópia do comprovante de residência do responsável pela criança ou adolescente, além de declaração escolar emitida pela UME na qual o aluno está matriculado para o ano letivo de 2018.

Inscrições novas

No caso de novas inscrições para serviços de ônibus e passe escolar, além dos documentos citados acima, tornam-se obrigatórias as cópias de RG e do CPF dos alunos usuários do transporte na modalidade de passe escolar. Para mais informações: (13) 3372-6270.

Roda SP

De 5 de janeiro a 4 de março, Cubatão receberá milhares de visitantes com programa Roda SP. Além de almoço na comunidade da Serra, apreciando a vista da Baixada a partir do Mirante do Príncipe, os turistas poderão fazer caminhadas monitoradas no Parque da Serra do Mar e conhecer os detalhes do funcionamento da Carbocloro.

Viaduto no Jd Casqueiro era para melhorar, mas piorou demais.

O viaduto que era uma solução está virando um problemão no Jardim Casqueiro.

O viaduto que era uma solução está virando um problemão no Jardim Casqueiro.

A comunidade do Jardim Casqueiro e dos bairros próximos, que sempre defenderam a construção de um novo viaduto para melhorar o acesso ao centro de Cubatão, bem como às rodovias Anchieta e Imigrantes, está sendo convidada para uma reunião, na próxima segunda-feira (18), a partir das 19h00, na sede da SOMECA – Sociedade de Melhoramentos do Casqueiro (Rua Maria Graziela, 565).

Lideranças políticas de vários partidos com atuação na cidade – da situação ou de oposição locais – querem que o Governo do Estado, por meio do DER – Departamento de Estradas de Rodagem tome uma posição para resolver os problemas ocasionados após a liberação do novo viaduto Rubens Paiva.

Nas redes sociais a mensagem é praticamente no mesmo sentido: do jeito que está não pode ficar: “Não podemos nos calar diante de tal assunto tão importante”, enfatiza o líder comunitário Toninho Vieira, por exemplo.

A prefeita Marcia Rosa (PT) vem usando a sua página pessoal no Facebook, postando fotos e mensagens que demonstram a insegurança e inclusive acidentes entre os veículos que buscam uma saída do bairro. E não esconde a sua frustração diante das autoridades responsáveis, tanto do governo estadual quanto da concessionária Ecovias, que não compareceram à audiência pública realizada na última segunda-feira (11), no Bloco Cultural.

Foram convidados DER, Ecovias, Artesp, Sociedade de Melhoramentos e a Sabesp, com a intenção de que a população ouvisse as explicações de seus representantes, mas isso não foi possível, eles não compareceram. Independentemente disso, alguns pontos foram discutidos, mas ficou definido que outras reuniões ainda devem ser realizadas, como a da próxima segunda-feira, na SOMECA.

Problemas anunciados Após uma vistoria feita na semana passada no local onde foi feita a duplicação, técnicos da prefeitura apontaram que o principal problema da obra está na confluência entre a Avenida Brasil e a marginal de acesso da Via Anchieta. Os especialistas disseram que a região se ficou um “caos” com carros tentando cruzar de quatro direções diferentes.

Também foi constatado pela equipe técnica que a dificuldade de entrar e sair do núcleo residencial que há no trecho provoca congestionamentos que chegam a 3 km em horários de pico. Os riscos de acidente e assaltos também foram pontuados pela Prefeitura.

Dentre os pontos levantados, a prefeita relacionou: “falta sinalização adequada e veículos na contramão são comuns; moradores do Casqueiro, Parque São Luís, ilha Caraguatá, Conjunto Habitacional Mario Covas e São Judas têm dificuldade de saída do bairro em direção ao Centro de Cubatão; vários acidentes aconteceram e esses registros de acidentados estão na UPA de Cubatão; falta iluminação e a ciclovia prometida; o Viaduto não foi entregue oficialmente à Ecovias; a Avenida Brasil e a Joaquim Jorge Peralta ficam congestionadas em pouco tempo, ou seja, os problemas da rodovia adentram o bairro”.

Marcia Rosa destaca que aguarda posicionamento oficial da ARTESP, órgão fiscalizador das concessionárias públicas de São Paulo, e que a questão já foi levada à representação local do Ministério Público.