Boca do Povo

Boa notícia

Quem não consegue esconder a alegria, desde a última terça-feira (16), é o ator, diretor e responsável pelo Teatro do Kaos de Cubatão, Lourimar Vieira – na ilustração – com a boa notícia que lhe deu a empresa de logística VLI – Multimodal: o Projeto Evolução de oficinas teatrais a adolescentes e jovens da rede pública de ensino da cidade vai continuar.

Lourimar Vieira tem nome cogitado para ser Secretário de Cultura de Cubatão.

Mais Cultura

Dada a qualidade do projeto, que acontece em Cubatão há 7 anos consecutivos, o Ministério da Cultura aprovou mais uma vez o seu acesso à Lei Rouanet, de incentivo a projetos culturais em todo o país, e, com isso, a VLI pode destinar R$ 199.360,00, possibilitando que a escola do Kaos atenda a 100 cubatenses, a partir dos 12 anos de idade, em atividades de artes cênicas e a realização de 30 apresentações gratuitas previstas para o fim deste ano, como trabalho de encerramento de cursos.

Ligados

Segundo Maria Clara Fernandes Oliveira, gerente de Responsabilidade Social da VLI, “a empresa está atenta às demandas da comunidade e essa parceria é sinônimo disso. O Teatro do Kaos tem história e relevância na promoção da cultura e da cidadania. Não poderíamos deixar essa iniciativa acabar”.

Crise

“Tivemos o apoio da Petrobras durante cinco anos e, no ano passado, contamos com o patrocínio da Copebras. Mas agora, por conta da crise, as empresas afirmam que não lucraram e que, por conta disso, não têm imposto a pagar”, dizia antes dessa notícia positiva, Lourimar Vieira.

SECULT

E por falar em Cultura, o prefeito Ademário Oliveira (PSDB) vem cobrando das suas equipes de gestão a elaboração do projeto de reforma administrativa, que pode definir um novo organograma na Prefeitura. Ouve-se que, se não fundir a secretaria de Cultura com a Educação, a secretaria pode ter outro titular.

Secretariáveis

Para a SECULT, além do vereador do PT, Rafael Tucla, estão cotados Ivan Hildebrando (PSB), vereador também, Edson Carlos Bril (Bombril), Lourimar Vieira, Zélia Trombino, Vanessa Toledo e o ouvidor Dojival Vieira.

Banco do Povo

Não é boa a notícia para os interessados em buscar parcerias com o Banco do Povo, que existe em Cubatão desde novembro de 2001: a Prefeitura cochilou e não renovou o contrato com o Governo do Estado. Desde o dia 1.º de janeiro, o Banco do Povo está impedido de realizar as suas operações na cidade.

Operações?

O Banco do Povo de Cubatão vinha sendo considerado um exemplo de sucesso no volume das operações de empréstimos concedidos a pequenas empresas, pessoas físicas que trabalham por conta própria, profissionais liberais, cooperativas e associações produtivas.

Onde funciona

Com a mudança da Praça Portugal, onde estava em companhia do SEBRAE e do PAT, o Banco do Povo foi procurado pela reportagem do jornal “Povo de Cubatão” e esta coluna foi informada que ele está inoperante, desde 1.º de janeiro, no Poupatempo do Empreendedor, na sede da ACIC. Quem resolve? Será mais uma missão para o super-vice Pedro de Sá?

Vagas federais

Há 240 vagas gratuitas para os cursos de Engenharia de Controle e Automação, Bacharelado em Turismo, Licenciatura em Matemática, Licenciatura em Letras, Tecnologia em Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Tecnologia em Automação Industrial, cada qual com 40 vagas, para estudar no Campus Cubatão do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia de São Paulo – IFSP.

Como faz?

Para concorrer a uma das vagas, o candidato deve ter participado do Enem 2017 e ter obtido nota na redação diferente de zero. As inscrições dever ser feitas exclusivamente pela internet, no site: http://sisu.mec.gov.br | não há cobrança de taxa de inscrição, de matrícula ou de mensalidade.

UNISANTA

A Universidade Santa Cecília – UNISANTA escolheu uma parceira em Cubatão. Trata-se da Escola Politécnica Cubatão – CIEN, que começa a receber inscrições para os cursos de ensino à distância, com um polo para as aulas e avaliações presenciais muito bem instalado. Fica ali na Avenida Joaquim Miguel Couto, 353.

Informe EAD

As informações sobre os cursos à distância, em faculdades com o padrão UNISANTA, para graduação e pós-graduação, podem ser obtidas pessoalmente ou por telefones: (13) 3361 6065 ou 3372 7272.

Toninho fica

O vereador Toninho Vieira (PSDB) tem agora um programa de rádio onde interage com os seus eleitores e cubatenses em geral. Na última quarta-feira (17), ele recebeu nos estúdios da Rádio Cubatão, o diretor do jornal “Povo de Cubatão”, Raul Christiano. E aproveitou para esclarecer notas recentes publicadas nesta coluna: “não vou sair do PSDB, isto não faz parte dos meus planos”.

Boca do Povo

Agendão

Com uma agenda de fôlego por todo o Estado, o subsecretário de Desenvolvimento Metropolitano do Governo Geraldo Alckmin, Edmur Mesquita – na ilustração, cumpre papel importantíssimo na organização das regiões metropolitanas. Inicialmente havia só a da Baixada Santista, território que ele conhece bem por sua atuação desde os tempos em que atuava no movimento da Pastoral Católica, depois na área estudantil, até se eleger vereador de Santos e deputado estadual pelo PSDB.

O subsecretário de Desenvolvimento Metropolitano, Edmur Mesquita, deve tentar uma vaga à Assembleia Legislativa.

Organizador

A ideia de tirar do papel a nova organização das regiões administrativas, prevista na Constituição Brasileira de 1988, partiu do saudoso governador Mário Covas, quando criou a região da Baixada Santista. Essa iniciativa avançou muito, porque somente dá certo quando os municípios dão as mãos e buscam soluções conjuntas para os seus problemas comuns.

Empenho

Com essa orientação, os governos estaduais que se sucederam – Geraldo Alckmin, agora em seu quarto mandato; José Serra e Alberto Goldman, que inclusive deixaram marcas históricas e grandes realizações em Cubatão – o Programa de Recuperação Socioambiental da Serra do Mar e o Programa Onda Limpa de saneamento da Baixada e do Litoral, as regiões metropolitanas foram institucionalizadas ainda na Grande São Paulo e Campinas.

Não para

Edmur Mesquita se afastou da disputa eleitoral nesses anos para cuidar desse trabalho delicado, de promover o entendimento entre os prefeitos e os agentes públicos e privados em busca de soluções integradas, que ora se estendem ao Vale do Paraíba, Ribeirão Preto e Sorocaba, servindo de ponte entre os governadores e os municípios.

2018

Nos últimos meses, após fazer um balanço positivo desse trabalho, com resultados importantes para que a organização do Estado siga em frente, com exemplos de gestão e conhecimento das mais variadas formas de governar, Edmur Mesquita não esconde a intenção de voltar a se candidatar a deputado estadual. Já avisou ao PSDB que está à disposição do partido, com toda bagagem necessária para fazer a diferença com experiência e vocação para melhorar a vida das pessoas.

Nome de peso

Esta coluna reúne condições de registrar que o nome de Edmur Mesquita é forte para uma disputa política em que o eleitorado não se cansa de negar apoio a uma grande parte dos políticos atuais. Além disso tudo, Edmur tem uma folha de serviços prestados que vai lhe render muitos apoios.

Não gostou

O vereador Toninho Vieira (PSDB) não gostou nada de ver o seu nome envolvido na nota política da “Boca do Povo”, sobre quase ter saído no braço com o Secretário de Segurança e Cidadania, Jefferson Cansou, que é também advogado e seu colega de partido. Mas até agora não negou o fato.

Fraudes

Caiu como uma bomba a notícia de que a Controladoria-Geral da União orientou para o cancelamento do pagamento de 1.664 famílias na Baixada Santista, que recebem o benefício da Bolsa Família. Segundo a CGU, essas familiares declararam renda mensal menor do que a realidade e isso causou um prejuízo de quase R$ 7 milhões ao governo federal.

Cubatão

Das 3.162 famílias cadastradas em Cubatão, 111 são investigadas por fraude e 393 tiveram os benefícios bloqueados.

Quem pode

O programa Bolsa Família atende as famílias que vivem em situação de pobreza e de extrema pobreza. Estão aptas ao benefício as famílias que possuem renda per capita menor que R$ 85,00 ou aquelas que possuem renda per capita de R$ 85,01 a R$ 170,00 mensais, desde que tenham crianças ou adolescentes de 0 a 17 anos.

IPTU

Os carnês de cobrança do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU), de 2018, começaram a ser distribuidos na terça-feira (2) e o vencimento da primeira parcela do tributo será no dia 25 de janeiro. O imposto terá um reajuste de 1,83%, referente à variação do Indice Nacional de Preço ao Consumidor (INPC).

Mês de contas

Serão 26.600 carnês e a distribuição ficará a cargo do Banco Bradesco, que também foi responsável pelos custos de impressão. A distribuição de outros 1.600 carnês de contribuintes – cuja inscrição no Cadastro Nacional de Pessoas Físicas (CPF) não foi fornecida – será de responsabildiade da Prefeitura. Estes contribuintes deverão recolher os tributos nas agências do Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal e Itaú.

Casa da Esperança

É preocupante o impasse para o reinício das atividades da Casa da Esperança em Cubatão, que enfrenta muitas dificuldades para fazer caixa e pagar os funcionários. O presidente do Rotary Clube, Hermes Balula, interventor nomeado pela Justiça, ainda espera que o prefeito Ademário Oliveira (PSDB) cumpra o que prometeu…

Promessa

Foi noticiado na época da transferência de interventores, antes da Secretaria Municipal de Saúde para o Rotary, que a Prefeitura assumiria o passivo trabalhista da casa, estimado em cerca de R$ 400 mil, e retomaria os contratos com a Administração. Quem não está gostando são as mães e pais das crianças desatendidas.

Boca do Povo

Retrospectiva

O presidente da Câmara Municipal, Rodrigo Alemão (PSDB) – na ilustração, destaca em seu balanço das atividades do legislativo em 2017, que a nova realidade orçamentária da cidade de Cubatão foi decisiva para um novo modelo de atuação dele e de seus outros 14 colegas vereadores.

Vereador Rodrigo Alemão é filiado ao PSDB.

Cintos

O município foi afetado diretamente, pela crise e pela herança deixada pelos governos anteriores de Marcia Rosa (PT), o que exigiu uma série de adequações orçamentárias. “Tivemos que equilibrar as contas e fazer os ajustes financeiros necessários”, pondera Alemão.

Apertados

Ao longo de 2017, a Câmara colocou em prática algumas medidas de contenção de despesas. E o Legislativo, atento aos princípios da administração pública, fez uma gestão eficiente, que primou pela economicidade de recursos. Dessa economia, R$ 5.674.329,52 foram devolvidos aos cofres da Prefeitura, para utilização no pagamento do 13.º salário dos servidores públicos e parte da rescisão dos funcionários da Companhia Cubatense de Urbanização e Saneamento (Cursan).

Facebook

“A partir da atual legislatura, a última sessão de cada mês começou a ser realizada às 18 horas, com o objetivo de aumentar a participação dos munícipes que trabalham em horário comercial. Além disso, melhorou o site e criou a página da Câmara no Facebook, que além de divulgar o trabalho desenvolvido pelos parlamentares, chama a atenção para assuntos relacionados à promoção da cidadania”, enumerou Rodrigo Alemão.

Bicadas

Não passou despercebido dos servidores do Paço Municipal Piaçaguera, o bate-boca entre o vereador Toninho Vieira (PSDB) e o secretário de Segurança (e superintendente da CMT), Jefferson Cansou, no estacionamento de carros oficiais e particulares dos secretários. Pior é que a discussão descambou para as vias de fato e quase sobraram hematomas nas partes envolvidas.

SOS Pedro Sá

Como se não bastasse responder pela vice-prefeitura e por três secretarias municipais (Planejamento, Educação e Cultura), Pedro de Sá (PTB) foi chamado para apaziguar os ânimos.

Vieira

Sabe-se que o vereador Toninho Vieira está desenhando um caminho de saída do PSDB, votando contra projetos do prefeito Ademário Oliveira, tucano como ele, mas precisa ter uma justificativa forte para sair e não perder o mandato de vereador, se mudar de partido.

Efeito Moura

Vieira tem dito a interlocutores que busca o acolhimento de outras legendas partidárias, mas há sempre uma voz da consciência lembrando o episódio envolvendo o ex-vereador Wagner Moura, que saiu do PT para se filiar ao PMDB, e ficou sem mandato.

De olho

Semana passada, o presidente do Diretório Municipal do PSDB de Cubatão, Paulo Libório, publicou mensagem na seção de cartas deste jornal recheada de alertas sobre o comportamento de pessoas que não praticam ações de unidade e preferem vôos solos. Para um bom entendedor, meia palavra basta…

De olho 2

Em parceria com a CMT e Ecovias, a secretaria municipal de Segurança Pública instalou novo equipamento de longo alcance e giro de 360 graus na entrada da Vila Natal. São câmeras de última geração, para aumentar a segurança do local, “garantindo o direito de ir e vir do munícipe”, divulga o secretário Jefferson Cansou.

Ônibus escolar

A Secretaria Municipal de Educação – Seduc informa os prazos de inscrição e recadastramento no transporte escolar para 2018. Os expedientes serão a partir da próxima terça-feira (2) até o dia 19 de janeiro, das 9 às 16 horas, na UME Princesa Isabel (Praça Getúlio Vargas, 50, Centro).

Documentação

Para o recadastramento, devem ser apresentados os seguintes documentos: duas fotos 3×4, cópia da certidão de nascimento ou RG do aluno, cópia do comprovante de residência do responsável pela criança ou adolescente, além de declaração escolar emitida pela UME na qual o aluno está matriculado para o ano letivo de 2018.

Inscrições novas

No caso de novas inscrições para serviços de ônibus e passe escolar, além dos documentos citados acima, tornam-se obrigatórias as cópias de RG e do CPF dos alunos usuários do transporte na modalidade de passe escolar. Para mais informações: (13) 3372-6270.

Roda SP

De 5 de janeiro a 4 de março, Cubatão receberá milhares de visitantes com programa Roda SP. Além de almoço na comunidade da Serra, apreciando a vista da Baixada a partir do Mirante do Príncipe, os turistas poderão fazer caminhadas monitoradas no Parque da Serra do Mar e conhecer os detalhes do funcionamento da Carbocloro.

Cubatão elege Ademário prefeito!

Ademário governará Cubatão nos próximos quatro anos, a partir de 1.º de janeiro. (foto: Aderbau Gama)

Ademário governará Cubatão nos próximos quatro anos, a partir de 1.º de janeiro. (foto: Aderbau Gama)

Com 41,53% dos votos válidos, que foi a soma da opção de 28.455 eleitores, o vereador Ademário da Silva Oliveira (PSDB) foi eleito prefeito de Cubatão, nas eleições de 2 de outubro. Sua vitória confirmou a sua liderança nos resultados das pesquisas recentes dos jornais “Diário do Litoral” e “A Tribuna de Santos”, com um plus a mais de 20 pontos percentuais à frente do segundo colocado, Wagner Moura (PMDB), que teve 13.426 (19,59%). Na sequência ficaram Severino Tarcício, Doda (PSB), com 11.449 (16,71%), Dinho Heliodoro (SD), com 11.343 (16,55%), e Fábio Inácio (PT), 3.850 (5,62%).

As primeiras palavras de Ademário foram de agradecimento ao povo de Cubatão, que já havia lhe dado o título de vereador mais votado da história da cidade em 2012, com 2.721 votos, e sobre os seus principais desafios, a começar pela saúde, fazendo o hospital que tem capacidade para 250 leitos funcionar na sua plenitude. O prefeito eleito é tucano, como o governador Geraldo Alckmin, e acredita no diálogo com o Estado e o governo federal, que conta com o apoio do PSDB a nível nacional, para buscar ajuda e recuperar o município.

Primeiras ações: Ademário Oliveira declarou que vai “montar uma equipe de transição, chamar a atual prefeita para conversar”. Quer assumir no dia 1.º de janeiro com “inteireza de dados e dinamismo para fazer a máquina andar com um ritmo mais competente, eficiente e eficaz”.

Nova Câmara: A partir de 1.º de janeiro, a Câmara Municipal de Cubatão contará com 15 vereadores, e o mais votado nas eleições deste ano foi o companheiro de chapa de Ademário Oliveira, Toninho Vieira (PSDB), que obteve 2.902 votos e passa a ser agora o detentor do título de vereador mais votado na história local. Também se elegeram: Cesar Nascimento (PSDB), com 2.227 votos; Ricardo Queixão (PDT), com 1967 votos; Fábio Roxinho (PMDB), 1.683; Rafael Tucla (PT), 1.673; Rodrigo Alemão (PSDB), 1.657; Dr. Anderson Veterinário (PRB), 1.545; Ivan Hildebrando (PSB), 1.433; Jair do Bar (PT), 1.422; Sérgio Calçados (PPS), 1.271; Aguinaldo Araújo (PDT), 1.218; Cléber do Cavaco (PRB), 1.046; Marcinho (PSB), 952; Wilson Pio (PSDB), 911 e Lalá (SD), 797 votos.

Quem é Ademário Oliveira – Baiano nascido em Rachão da Jacuipe, Ademário da Silva Oliveira candidato tucano à prefeitura de Cubatão com o vice Pedro Sá é, antes de tudo, um vencedor, exemplo de superação e de político vocacionado a lutar em defesa da justiça e do bem estar coletivo. “Ser político, é gostar de gente”, resume.

Com 10 anos de idade chegou à Cubatão com sua família “atrás da vida” como gosta de justificar as razões que levaram o pai a trocar o sertão baiano por São Paulo. Foi no CAMP – Círculo de Amigos do Menor Patrulheiro de Cubatão, onde ficou até os 18 anos, que as portas se abriram para Ademário. “tudo que conquistei na vida, devo ao CAMP”, reconhece o ex-patrulheiro, hoje advogado e vereador mais votado da história de Cubatão,

A política entrou em seu sangue em 1997 quando, social democrata por convicção, se filiou ao PSDB. Três anos depois já era o primeiro suplente na Câmara de Cubatão com um capital eleitoral de 418. Encarou a primeira derrota como vitória e em 2004 manteve a primeira suplência duplicando o capital: 851 votos.

Ampliou o trabalho comunitário e suas ações em defesa, inicialmente, de seu bairro – Vila Natal, ao mesmo tempo em que se dedicava aos estudos e a conquistar novos amigos. Manteve a luta política em defesa dos mais necessitados e as eleições de 2008 lhe deram a certeza de que estava no caminho certo, que seus ideais estavam sendo compreendidos pelos cubatenses. Manteve, como sempre, a primeira suplência na Câmara. Desta vez com 1.651 votos, o oitavo candidato mais votado.

Suas derrotas foram lições de vida, consolidaram o espírito combativo que, tinha certeza, serviam de tempero à vitória. E ela finalmente chegou em 2012 como o vereador mais votado da história de Cubatão: 2.721 votos que lhe deram o direito de presidir a sessão solene de posse dos vereadores e da prefeita reeleita Márcia Rosa.

Ação Legislativa – Deu posse à prefeita, mas não teve vida fácil no Legislativo. Vereador de oposição, desde os primeiros momentos ao governo petista que fazia uma péssima administração, segundo sua avaliação. “A Márcia representava um governo perseguidor, não atendia a oposição e eu não conseguia dar respostas às demandas populares”.

Perseguido, Ademário enfrentou processo de tentativa de cassação de seu mandato e as indiferenças da prefeita às suas tentativas de conquistas sociais para o povo. Os ataques e as injustiças políticas que sofria serviam apenas para, como se diz no sertão, deixar seu couro mais duro.

Partiu para o ataque com ações independentes através de comissões Parlamentar de Inquérito. Desafiava o poder e denunciava não apenas irregularidades da administração municipal, mas também do governo federal da hoje deposta presidente Dilma Vana Rousseff.

Ganhou projeção nacional no combate à corrupção na Petrobras, bem antes de começar a Operação Lava Jato, presidindo a Comissão Parlamentar de Inquérito que investigou e denunciou irregularidades na Refinaria Presidente Bernardes. Na época, a revista Isto É afirmou que os prejuízos à Petrobrás foram de R$ 43.5 milhões.