Jornal Povo tem tabela especial para anúncios de candidatos

Jornal tradicional e influente na cidade de Cubatão

Jornal tradicional e influente na cidade de Cubatão

O jornal Povo de Cubatão preparou uma tabela especial de preços para a publicação de anúncios dos candidatos a prefeito e a vereadores de Cubatão. Como é do conhecimento geral, a campanha eleitoral deste ano é mais curta e cheia de limitações. E, desde o último dia 16 de agosto, quando foram iniciadas oficialmente as campanhas, os eleitores estão com dificuldades de conhecer as ideias, as propostas e até os números dos cinco candidatos a prefeito e dos 251 candidatos a vereador em Cubatão.

A internet, com as redes sociais – o Facebook, o Instagram e o Twitter – tem sido o principal meio de divulgação, mas a maioria dos candidatos não tem usado bem e acaba provocando reações adversas dos eleitores, o principal alvo da comunicação política. Está claro também que esses candidatos não vão ter tempo de visitar todos os eleitores que precisam e, com isso, o jornal Povo de Cubatão, que é tradicional e influente no município e na região metropolitana da Baixada Santista, é o melhor caminho para conquistar eleitores.

Toda credibilidade do jornal Povo de Cubatão será emprestada ao candidato e os seus leitores, formadores de opinião, são eleitores qualificados que se preocupam em saber tudo o que acontece em Cubatão para formar o seu juízo.

Cada candidato pode publicar no máximo 10 anúncios em cada edição dos veículos de imprensa, mas com a limitação do tempo de campanha, bem como com o fato de que o jornal Povo de Cubatão circula uma vez por semana, às sextas-feiras, está mais do que na hora de os candidatos reservarem e publicarem as suas mensagens, conforme os tamanhos que seguem nessa tabela especialmente elaborada para os participantes da campanha na cidade.

O jornal Povo de Cubatão circulará no dia 26 de agosto e nos dias 2, 9, 16, 23 e 30 de setembro. Contate o Departamento Comercial através do e-mail: povoeditor@gmail.com – ou com o próprio diretor do departamento, Marcos Paulo Alves, ligando ou enviando mensagem via whatsapp para (13) 99109 7384.

Conheça as principais condições da tabela:

  • CAPA (isolado):

Tamanho 1/8 [3 colunas (14,6 cm) x 13,0 cm]

Inserção avulsa = R$ 2.500,00 por inserção

Pacote de 6 inserções até a eleição = R$ 2.000,00 por inserção

Rodapé [6 colunas (29,7 cm) x 6,0 cm]

Inserção avulsa = R$ 4.500,00 por inserção

Pacote de 6 inserções até a eleição = R$ 3.500,00 por inserção

  • PÁGINA 2 (isolado):

Tamanho 1/8 [3 colunas (14,6 cm) x 13,0 cm]

Inserção avulsa = R$ 1.300,00 por inserção

Pacote de 6 inserções até a eleição = R$ 1.040,00 por inserção

Rodapé [6 colunas (29,7 cm) x 6,0 cm]

Inserção avulsa = R$ 2.000,00 por inserção

Pacote de 6 inserções até a eleição = R$ 1.300,00 por inserção

  • PÁGINA 3 (isolado)

Tamanho 1/8 [3 colunas (14,6 cm) x 13,0 cm]

Inserção avulsa = R$ 1.700,00 por inserção

Pacote de 6 inserções até a eleição = R$ 1.360,00 por inserção

Rodapé [6 colunas (29,7 cm) x 6,0 cm]

Inserção avulsa = R$ 2.500,00 por inserção

Pacote de 6 inserções até a eleição = R$ 2.000,00 por inserção

  • PÁGINA INDETERMINADA (junto com outros anúncios)

Tamanho Santinho [1 coluna (4,6 cm) x 8,0 cm)

Inserção avulsa = R$ 250,00 por inserção

Pacote de 6 inserções até a eleição = R$ 200,00 por inserção

Tamanho Intermediário [2 colunas (9,6 cm) x 10,0 cm)

Inserção avulsa = R$ 450,00 por inserção

Pacote de 6 inserções até a eleição = R$ 360,00 por inserção

Tamanho Alternativo 1/8 [2 colunas (9,6 cm) x 19,0 cm)

Inserção avulsa = R$ 800,00 por inserção

Pacote de 6 inserções até a eleição = R$ 640,00 por inserção

Tamanho 1/8 [3 colunas (14,6 cm) x 13,0 cm]

Inserção avulsa = R$ 800,00 por inserção

Pacote de 6 inserções até a eleição = R$ 640,00 por inserção

Rodapé [6 colunas (29,7 cm) x 6,0 cm]

Inserção avulsa = R$ 1.000,00 por inserção

Pacote de 6 inserções até a eleição = R$ 800,00 por inserção

Observação (1):

Jornal tamanho standard – inteiro colorido.

Observação (2):

Jornal na internet – www.povodecubatao.com.br e nas redes sociais – Facebook e Twitter.

Observação (3):

Normas que regulamentam a Propaganda Eleitoral nos jornais:

  1. a) A propaganda eleitoral somente será permitida a partir do dia 16 de agosto e 2016;
  1. b) Da propaganda dos candidatos a Prefeito, deverá constar também o nome do candidato a Vice-Prefeito, de modo claro e legível, em tamanho não inferior a 30% (trinta por cento) no nome do titular;
  1. c) São permitidas, até a antevéspera das eleições (30 de setembro de 2016, sexta-feira), a divulgação paga, na imprensa escrita de até 10 (dez) anúncios de propaganda eleitoral, por veículo, em datas diversas, para cada candidato, no espaço máximo, por edição, de 1/8 de página de jornal padrão (Jornal Povo de Cubatão: 39 cm/colunas);
  1. d) Deverá constar no anúncio, de forma visível, o valor pago pela inserção. No caso dos anúncios no formato “Santinho”, quando houver o desconto por frequência (válido somente para pacote de 6 inserções), deverá constar a seguinte frase: “Valor desta publicação com desconto por frequência: R$ ________”.

Observação (4):

Para determinação de PÁGINA, considerar os valores das mesmas constantes nesta tabela especial de preços para as Eleições de 2016.

De acordo com a lei eleitoral – Até a antevéspera das eleições, pode haver a divulgação paga, na imprensa escrita, e a reprodução na internet do jornal impresso, de até dez anúncios de propaganda eleitoral, por veículo, em datas diversas, para cada candidato, no espaço máximo, por edição, de um oitavo de página de jornal padrão e de um quarto de página de revista ou tabloide.

O anúncio deverá trazer, de maneira visível, o valor pago pela inserção.

Está autorizada a reprodução virtual no site do próprio jornal de sua edição impressa, independentemente de seu conteúdo. No entanto, deve ser respeitado integralmente o formato gráfico e o conteúdo editorial da versão impressa.

Não será tomada como propaganda eleitoral a divulgação de opinião favorável a candidato, partido ou coligação pela imprensa escrita, desde que não seja matéria paga.

Essas orientações constam das regras para as eleições municipais de 2016, pelo Tribunal Superior Eleitoral.